Tudo o que você precisa saber sobre redes sociais.

ARTIGOS 16 de agosto 2018

Redes Sociais ou Mídias Sociais? Essa é uma dúvida muito comum.

Esclarecendo resumidamente essa dúvida, as redes sociais são os grupos formados dentro ou fora do ambiente online, onde diversas pessoas com interesses similares se conectam, já as mídias sociais, são os meios pelos quais os grupos são formados, ou seja, na internet ou no mundo off-line, elas são as formas para se criar uma rede social.

Agora você já entende a diferença básica entre Redes Sociais e Mídias Sociais, então, podemos continuar com os próximos assuntos.

 

O que é rede social?

Como citamos acima, redes sociais são os grupos formados em algum ambiente. No mundo virtual, são criadas através de aplicativos e sites que permitem o compartilhamento de informações pessoais a fim de reunir um grupo de interesses parecidos. As redes mais populares são, Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter, Youtube e Snapchat, ambas as redes têm a função de conectar pessoas no entanto, elas reúnem um público diferente, em alguns espaços predomina-se a presença de um público mais jovem em outras o público mais maduro e com objetivos profissionais.

 

Benefícios das redes sociais para as empresas.

 Acessar em algum momento do dia o perfil em alguma rede social faz parte da rotina de grande parte da população, a facilidade de interação melhora o relacionamento entre um grupo de pessoas e também entre empresas e pessoas.

  • Mostre a sua empresa.

Aproveite que a rede social reúne diversas pessoas e compartilhe os pontos positivos da sua empresa, o que vocês fazem, como fazem, a missão, visão e valores, o dia a dia dos colaboradores, as ações realizadas, e etc. Elas são uma grande oportunidade de você ser visto por quem possa ter interesse real pela a marca da sua empresa.

  • Tenha uma comunicação direta.

Manter uma boa comunicação com o seu cliente faz muita diferença. As redes sociais facilitam o modo de se relacionar. Se antes era preciso ligar para um 0800 para tirar dúvidas ou fazer elogios/reclamações, hoje esse caminho se encurta e os consumidores dirigem-se diretamente para as redes sociais para realizar estas atividades, afinal, a comunicação através das redes sociais tende a ser mais rápida e personalizada. É possível programar respostas automáticas e personalizadas para auxiliar no atendimento dos consumidores, assim eles não ficam por horas esperando por respostas, o atendimento fica mais rápido e exato, sendo uma boa técnica para as empresas que possuem uma grande demanda de mensagens e também para aquelas não contam com um profissional qualificado dedicando-se exclusivamente para realizar essa atividade.

  • Baixo orçamento não é um problema.

Para as empresas que possuem um orçamento baixo, realizar divulgações nas mídias online ou off-line tradicionais pode ser muito difícil devido à necessidade de altos valores para investimento e grande concorrência. As redes sociais permitem que sejam vinculados anúncios de produtos/serviços para o público que se encontra nesta rede. Os anúncios podem ser segmentados para que sejam mostrados apenas para quem tem a probabilidade de se interessar por sua marca, e o melhor, o custo é mais baixo, então, isso permite que até as empresas com um orçamento reduzido possam se divulgar e começar a ganhar reconhecimentos gradualmente.

 

 

Por dentro das principais redes sociais.

 

  • Facebook: é a rede mais popular entre as demais, seus números de usuários aumentam diariamente, e com a possibilidade de ter empresas dentro desta rede social, surge uma grande oportunidade das mesmas se conectarem com usuários que realmente possuem interesse, os laços entre empresa e consumidor se estreitam e permitem uma melhora no relacionamento.
  • Instagram: Tem como o foco principal, o compartilhamento de imagens. Ao decidir estar presente neste meio, é preciso ter em mente que transmitir uma beleza estética e sensação de vida real, aumentam as chances dos usuários interagirem e se tornarem seus seguidores.
  • LinkedIn: Uma rede social voltada para profissionais, post engraçados e vídeos bonitinhos de cachorros não são encontrados lá, devido ao público presente, os principais conteúdos postados são baseados em informações relevantes sobre o mercado e vagas disponíveis em diversas empresas.
  • Twitter: a rede social que tem o compartilhamento de conteúdos em tamanho reduzidos, no máximo 280 caracteres, conta com um público principalmente jovem, que gosta de informações breves, por isso os caracteres reduzidos não atrapalham. Assuntos polêmicos tomam proporções maiores e mais rápidas nesta rede social e ganham destaques dentro do Trend Topics (que são os assuntos mais comentados do momento).
  • Youtube: Possui a opção exclusivamente de compartilhamento de vídeos, conta com diversos usuários ativos diariamente. A rede fez com que surgisse uma profissão reconhecida que possibilitou o sucesso de vários usuários.
  • Snapchat: Voltada para o compartilhamentos de imagens que tem a duração máxima de 24 horas ou até menos, teve seu ápice de usuários quando lançou e tornou-se popular no Brasil no ano de 2016, porém com o passar do tempo os números foram caindo, principalmente após redes sociais concorrentes adotarem funções semelhantes. Embora com um menor número de usuários, existem empresas que fazem seleções criativas de candidatos.

 

Como utilizar as redes sociais para promover minha empresa.

Estar presente nas redes sociais é uma excelente oportunidade de melhorar as estratégias de marketing digital da sua marca, mas quais são as melhores formas de aproveitar esta ferramenta?

A primeira etapa para ter um bom aproveitamento é fazer um planejamento correto. Conheça quem é o seu público, quanto maior a quantidade de informações que você tiver, melhor será para as suas ações. Procure saber se o seu público é formado por homens ou mulheres, qual a idade dos mesmos, o que eles gostam de fazer, como gostam de fazer, quais as coisas que chamam o interesse deles, informações são sempre valiosas e se tiver varias melhor será para a sua estratégia.

Encontrou um bom público? Que tal começar a pensar em possíveis conteúdos que esse seu público gostaria de ver e em quais formatos mais os agradariam, tente relacionar com o que a sua marca/serviço oferece. Se a sua empresa vende alimentos, que tal oferecer conteúdos do tipo receitas? Não tenha medo de perder seus consumidores por conta do tipo de conteúdo que você oferece, com o passar do tempo você vai ganhar reconhecimento de marca, por exemplo: se para fazer determinada receita o consumidor precisa de um produto como o seu ou semelhante, ele vai lembrar de você na hora que precisar escolher entre um ou outro. Aos poucos os usuários vão memorizar e automaticamente escolher pela a sua empresa, é preciso ter paciência e não deixar de investir nesta estratégia.

Começou a produzir conteúdos? Você vai notar que os interesses vão aumentar continuamente. Essa é a hora de aproveitar do interesse dos usuários e converter em vendas.

Ofereça conteúdos mais completos como E-books em troca de alguns dados do seu consumidor como e-mail e preferências pessoais. O usuário que concedeu as informações possui um interesse maior pela sua marca e pelo o que ela pode oferecer, com um pouco mais de incentivo através de conteúdos, logo ela estará disposta a comprar o que você oferece, aos poucos os usuários passarão a associar você como o solucionador de determinado problema, escolhendo por sua empresa sempre que esse problema surgir.

Através de um funil de conversões você consegue entender e visualizar melhor esse processo de “oferecer conteúdos” a fim de obter uma venda. Pensando em um funil de conversões tenha em mente o formato que o mesmo apresenta e que ele será dividido em etapas, onde cada etapa possui uma função.

De uma maneira breve, o funil possui 3 etapas, o topo, o meio e o fundo. Na primeira etapa, o topo de funil, estarão todos os usuários que você precisa chamar a atenção de alguma maneira, esses usuários não tiveram nenhum tipo de contato com a sua marca antes, então, não conhecem nada sobre você e o que você oferece. Nesta etapa você começa a se apresentar de uma maneira sutil, sem ficar dando muita ênfase na empresa, para não tornar-se cansativo, é aqui que vocês irão construir um relacionamento, por isso, comece com o pé direito, acerte na comunicação. Na hora de oferecer conteúdos, procure sempre utilizar um tom informativo, pois nesta etapa, o objetivo é educar o usuário.

A próxima etapa do funil é o meio, que é o local onde se localizam os usuários que saíram do topo e foram em direção ao meio. Aqui, os usuários já tem um conhecimento maior sobre você através dos tipos de conteúdo que você disponibilizou, eles já começaram a entender o que sua empresa oferece e em como ela pode ajudar, embora eles já tenham esse certo entendimento,são necessárias mais razões para serem convencidos e realizarem uma compra de fato. O tipo de conteúdo oferecido aqui, ainda precisa ser informativo, mas você já pode começar a oferecer conteúdos que falem mais da sua empresa, mas, sem esquecer a discrição.

Na última etapa do funil de conversão, o fundo, são encontrados os usuários que saíram do meio e foram para o fundo do funil. As chances de um usuário efetivar uma compra é muito alta, é nessa etapa que você vai conseguir entender se o que você produziu e planejou realmente está sendo eficaz. Quanto mais leads chegarem até essa etapa, melhores serão os seus resultados, é um indicativo que o que você planejou está alinhado com o público e com o interesse do mesmo. Nesta etapa, os conteúdos já podem ser mais sobre a sua empresa, mas, sem deixar de lado a comunicação informativa.

Se o lead chegou até essa etapa e realizou uma compra, você vai precisar começar a trabalhar questões de pós venda com o mesmo, assim, você vai construir e manter um relacionamento. Cuidando do seu cliente, maiores são as chances de que o mesmo realize uma recompra.

 

Aumente as visualizações da sua página.

 

Você leu um breve resumo sobre cada rede social e cada função que a mesma oferece, e optou por estar presente em alguma, saiba que existem possibilidades de aumentar o alcance, visualizações e engajamento dos seus posts, através de anúncios pagos que podem ser usados até mesmo por empresas com baixo investimento.

O Facebook e o Instagram permitem exibição de um anúncio através de uma única ferramenta, então, você pode fazer um tipo de conteúdo que poderá ser vinculado em ambas as redes. Eles irão ajudar a página/perfil da sua empresa a ganhar reconhecimento de marca, melhorar engajamentos e alcance, os anúncios podem ser feitos de imagens, vídeos, carrossel e etc, no entanto é preciso seguir as normas da plataforma que restringem certos anúncios, que são aqueles que incentivam a violência ou que podem ofender as pessoas que irão visualizar o mesmo.

Para que sejam exibidos anúncios nestas redes sociais, é preciso ter uma página no Facebook que seja comercial (que é totalmente diferente do Facebook que compartilhamos informações com nossos amigos e familiares).[

No LinkedIn, assim como as demais redes, os anúncios aparecem na linha do tempo do usuário. São ofertados inicialmente 3 formatos de anúncios, que são: Sponsored Content, Text Ads; Sponsored InMail (necessário um orçamento mínimo de 20 reais). Após uma grande demanda, os anúncios no formato de display são liberados.

Twitter: É possível promover anúncios sobre determinados temas e também promover perfis. Assim como as demais redes, ela possui uma plataforma que os anúncios podem ser vinculados conforme objetivo (curtidas, seguidores, visualizações de vídeos e etc).

Snapchat: Nesta rede o anúncio é feito de um modo diferente. Costuma-se criar filtros para utilizar em fotos com o tema que você gostaria de patrocinar. Precisa ser algo atrativo, se não o usuário não vai ter vontade de usar o mesmo. Infelizmente, o custo para divulgar nesta rede, costuma ser relativamente alto e acabam não compensando para o empresário. 

Youtube: Por ser uma rede social que pertence a empresa Google, os anúncios são feitos através de ferramentas da empresa. 

 

Bom, neste artigo, nós citamos algumas informações sobre as redes sociais mais populares, e demonstramos os benefícios que as mesmas podem oferecer para a sua empresa.  Esperamos que após esta leitura você tenha tirado as suas dúvidas, mas caso tenha restado alguma, deixe um comentário para a gente, vamos adorar te ajudar.

<div role="main" id="consultoria-de-marketing-digital-b629392e4e7669235889"></div>
<script type="text/javascript" src="https://d335luupugsy2.cloudfront.net/js/rdstation-forms/stable/rdstation-forms.min.js"></script>
<script type="text/javascript">
  new RDStationForms('consultoria-de-marketing-digital-b629392e4e7669235889-html', 'UA-45918016-1').createForm();
</script>

 

Não perca as melhores dicas para seu negócio decolar!
Preencha abaixo e receba nossos conteúdos exclusivos no seu e-mail.